Serviços Online Clientes/Distribuidores
Grupo Petrotec

SEGURANÇA: INTERVENÇÕES TÉCNICAS EM ÁREAS CLASSIFICADAS

08-2017

Segurança: Intervenções Técnicas em Áreas Classificadas

Em situações de intervenção em postos de abastecimento, existem áreas de trabalho que são definidas e caracterizadas como perigosas. Por área perigosa entende-se toda a área com condições propícias à formação de uma atmosfera explosiva em concentrações que exijam a adoção de medidas de prevenção especiais, a fim de garantir a segurança e a saúde dos trabalhadores abrangidos.

Mas o que são atmosferas explosivas?

A atmosfera explosiva é uma mistura com ar, em condições atmosféricas, de substâncias inflamáveis, sob a forma de gás, vapores, névoa ou poeiras, na qual, após ignição, a combustão se propaga a toda a mistura não queimada.

As áreas perigosas são classificadas, em função da frequência e da duração da presença de atmosferas explosivas, nas seguintes zonas: 

Zona 0 – Área onde existe permanentemente, durante longos períodos de tempo, ou com frequência uma atmosfera explosiva constituída por uma mistura com ar de substâncias inflamáveis, sob a forma de gás, vapor ou névoa.

Zona 1 – Área onde é provável, em condições normais de funcionamento, a formação ocasional de uma atmosfera explosiva constituída por uma mistura com ar de substâncias inflamáveis, sob a forma de gás, vapor ou névoas.

Zona 2 – Área onde não é provável, em condições normais de funcionamento, a formação de uma atmosfera explosiva constituída por uma mistura com ar de substâncias inflamáveis, sob a forma de gás, vapor ou névoa. Essa formação, caso se verifique, prevê-se de curta duração.

2017 07 31 Esquema De Zonas Seguranca Vb

 

Então, que cuidados devem obrigatoriamente ser aplicados antes de qualquer intervenção em áreas classificadas como perigosas?

Antes de iniciar qualquer trabalho ou tarefa deverá ser sempre efetuada a Análise de Segurança da Tarefa (AST), questionando-se sobre o que pode correr mal. 

De acordo com os trabalhos a realizar, o técnico deverá verificar se possui todos os conhecimentos e equipamentos para executar a tarefa em segurança, avaliar os riscos e prever medidas de prevenção. É imperativo que nunca se inicie um trabalho, caso persistam dúvidas quanto à segurança do mesmo!

Reunidas as condições de segurança, deverá então proceder-se à aplicação dos equipamentos de proteção individual (EPI). Os EPI’s são todos os equipamentos, bem como qualquer complemento ou acessório, destinado a ser utilizado pelo trabalhador para se proteger dos riscos, para a sua segurança e saúde. 

De seguida, é necessário sinalizar corretamente a área de trabalho. Para tal, importa limitar o acesso de terceiros à respectiva área de intervenção e assegurar informação suficiente para que não se aproximem e entendam o contexto da intervenção em área perigosa. Este sinal alerta para a existência de substâncias explosivas, de misturas explosivas ou de atmosferas explosivas. Na Europa, a sua aplicação está regulamentada como obrigatória:

Imagem Epi

Com o intuito de acautelar situações de emergência que possam ocorrer, devem, ainda, colocar-se extintores em locais acessíveis na área de trabalho. Finalmente, o técnico deverá proceder à monitorização da atmosfera de trabalho pela utilização de um explosímetro. Garantidas as condições de segurança, a intervenção pode avançar.

Ao longo dos seus 25 anos de experiência, a segurança tem sido uma das suas maiores preocupações, não só da empresa Petroassist, como de todo o Grupo Petrotec.

A Petroassist disponibiliza assistência técnica de manutenção e reparação de equipamentos multimarca na área da indústria petrolífera 365 dias por ano, 24 horas por dia, em todos os mercados onde tem operação directa (Portugal, Espanha, Reino Unido, Angola, Moçambique e África do Sul), através de uma vasta equipa de assistentes técnicos, todos eles formados e qualificados para operar, com segurança, em todos os tipos de ambientes.

Conheça melhor as várias áreas de atuação da Petroassist, aqui.

 

 

Voltar